12 fevereiro 2018

#minisermao (12/02/18)

Antes de responder a uma provocação, respire fundo; isso oxigena o cérebro e evita a trágica palavra precipitada. Os fariseus viviam provocando o Mestre de Nazaré e um dia chegaram a pedir um sinal do Céu; antes de responder, Ele suspirou, Ele respirou, Ele parou, Ele pensou e depois respondeu a altura, mas a palavra foi pensada, foi matutada. Às vezes somos muito rápidos em reagir a uma provocação e iniciamos a briga, num círculo vicioso da revanche, da vingança e da violência. É preciso respirar, talvez até mesmo suspirar. (Mc 8,11-13)
Pe. Joãozinho, scj.

Nenhum comentário:

Postar um comentário