14 fevereiro 2018

Na Quaresma abra seu coração para Jesus!

A Quaresma é tempo de conversão do nosso coração com jejum e penitência. "Agora, diz o Senhor, voltai para mim com todo o vosso coração, com jejuns, lágrimas e gemidos; rasgai o coração, e não as vestes; e voltai para o Senhor, vosso Deus" (Jl 2, 12-18).
O convite que Deus nos faz, no início desta Quaresma, nesta Quarta-feira de Cinzas, não é nem um outro a não ser nos voltarmos inteiros para Ele. Porque, se existe uma tentação na vida e no mundo, é a tentação de ter um coração dividido e fracionado. Ninguém que esteja me escutando agora, tenho a certeza de que, não afastou-se de Deus inteiramente. Se está me escutando é porque no seu coração tem espaço para Deus, porque, caso contrário, escutaria outras coisas que causam mais prazer a degustação do coração humano.
Se ainda escuta a Palavra de Deus é porque no seu coração tem espaço para Deus, mas não adianta ter espaço para o Senhor, se o coração é dividido, porque com isso, o coração declina-se , cai e não vive a integridade do amor de Deus. Desculpe, Deus não nos dá migalhas, e sim, se dá por inteiro a nós, e Ele quer que sejamos inteiramente d'Ele, pois, de outra forma, nosso coração continuará se machucando e tomado pela incredulidade, maldades e seduções do mundo.
Esse tempo de graça, que agora começamos, não é somente um tempo de jejum e penitência; é mais do que isso. O objetivo maior é outro, nós queremos é que nossos corações sejam inteiros de Deus, e não sejam mais dividido entre o Senhor e o mundo.
Estamos no mundo, mas somos todos de Deus. Esse é o propósito que deve guiar a nossa caminhada quaresmal.
Passamos pelo deserto da vida e das provações, mas somos todos de Deus. Rasgue e abra seu coração, mas para que vamos rasgar o nosso coração? Para tirar as coisas velhas, impuras, que não são de Deus e estão dentro do nosso coração.
Vamos tirar as profanações, as coisas estragadas, mentiras do mundo e tudo aquilo que nos rouba da presença do Senhor nosso Deus. Rasgue! A penitência ajuda; o jejum é um santo remédio; a esmola, a caridade e o amor ao próximo nos colocam no prumo e na direção certa.
Mas o fundamental é rasgar-se, jogar-se e se lançar para que, o nosso coração, não se dividida mais por ninguém e nem por nada, mas seja do Senhor, nosso Deus.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo

Nenhum comentário:

Postar um comentário